Terça-feira, 10 de Março de 2009
BricoSolidário: arranjos ao domicílio

 

Este é o senhor Pascoal, um dos efectivos mais importantes

do projecto BricoSolidário, uma iniciativa muito inovadora das

câmaras da Guarda e Sabugal. A ideia é muito simples e tem

a ver com a realidade desta zona do interior, próxima da raia:

as aldeias estão cada vez mais desertas e as pessoas cada

vez mais sós e entregues à sua sorte. Para contrariar todo o

abandono a que são votadas as gerações mais velhas (há

lugares e aldeias onde hoje em dia moram apenas 3 idosos,

cada um em sua casa, muito distantes entre si) alguém teve

a feliz ideia de lançar um projecto de arranjos ao domicílio.

 

 

E foi assim que nasceu uma parceria entre duas Câmaras

Municipais. Decidiram candidatar-se aos Fundos Europeus

e conseguiram montar a estrutura de um projecto que pode

e deve ser replicado em muitos outros lugares remotos do

país. E não só. Esta ideia serve qualquer aldeia ou vila onde

os habitantes estejam mais sós e com menos recursos. A

carrinha do BricoSolidário é como aquelas carrinhas antigas

que percorriam as aldeias e vilas a apitar pelas ruas, para

anunciar que traziam legumes e fruta ou peixe fresco. Desta

vez não se trata de vender alimentos mas de oferecer arranjos

nas casas. Pequenos e médios consertos que podem ir de

uma simples lâmpada ou torneira a trabalhos mais elaborados

de canalizador ou pedreiro. Mais do que oferecer apenas estes

serviços, o que este projecto proporciona é uma possibilidade

de relação, e o calor humano que sempre entra numa casa se

alguém vem por bem. Adorei conhecer o projecto e o sr. Pascoal.

 

 

Dentro da carrinha há uma espécie de oficina onde há de tudo.

Impressiona-me sempre conhecer pessoas e projectos que

apoiam quem mais precisa de ser apoiado. E este é um caso!

 



publicado por Laurinda Alves às 01:24
link do post | comentar | ver comentários (3) |

Domingo, 8 de Março de 2009
Breve album de fotografias destes dias

 

Estou a aterrar em Lisboa depois de três dias de campanha

no terreno e de um longo caminho percorrido entre Arganil,

Oliveira do Hospital, Lamego, Guarda, Sabugal e Viseu. Foi

um tempo de encontros e histórias de vida. Estou a chegar

e ainda sem capacidade de síntese de tudo e tanto que vivi

por ali. Deixo um pequeno album de fotos com imagens de

lugares que visitei e sobre os quais em breve escreverei.

 

 

 



publicado por Laurinda Alves às 12:08
link do post | comentar | ver comentários (2) |

Quarta-feira, 4 de Março de 2009
Pular a Cerca, programa Escolhas

 

 

Visitei o projecto Pular a cerca (II) no Porto, onde conheci estes

e outros miúdos que participam nas actividades promovidas pelo

centro, cujo espírito e missão é combater a exclusão social de

crianças e jovens provenientes de contextos socio-económicos

mais vulneráveis ou carenciados. Este projecto surge no âmbito

do Programa Escolhas e pretende criar mecanismos de apoio e

estímulo a uma verdadeira igualdade de oportunidades entre os

jovens e as crianças. Neste centro há uma variedade enorme de

escolhas e actividades, que vão da aprendizagem informática às

técnicas de pintura passando pela dança e o desporto.

 

 

Ao fim da tarde assisti ao treino da Companhia do Rugby, uma

das ofertas mais concorridas no Centro. A equipa é combativa e

composta por uma variedade muito complementar de miúdos.

Há ali de todos os géneros, tamanhos e feitios e o treinador tem

um talento especial para gerir e organizar toda esta diversidade.

 

 

 

Há vários jogadores de etnia cigana e é engraçado ver como em

campo todos se sentem completamente iguais e integrados na

equipa. Fora do campo, as irmãs e irmãos seguem atentamente

o treino e esperam que acabe para voltarem juntos para casa.

Às vezes o treino tem que parar porque os irmãos mais novos se

entusiasmam e entram em campo e até isso é divertido. Comove

ver a cena e a maneira paciente como o treinador espera que os

miúdos peguem ao colo dos irmãos para os pôr fora de jogo...

 

 

 

Nos próximos dias vou estar em Arganil, Lamego, Guarda e Viseu.

Vão ser dias intensos e cheios de visitas a projectos e instituições

onde é possível ficar a conhecer ainda melhor a realidade-real do

país. É um privilégio enorme poder percorrer o país de norte a sul,

ilhas incluídas, em campanha. Vou deixando aqui os meus posts

mais ou menos impressionistas sobre tudo e tanto que vou vendo

e vivendo nos dias em que faço por conhecer e me dar a conhecer.

 

 

Adorei os três irmãos e as suas irmãs mais velhas. Muito queridos!

 



publicado por Laurinda Alves às 18:18
link do post | comentar |

Site MEP Europa

Site oficial
A EQUIPA MEP EUROPA

MEP - Movimento Esperança Portugal

Programa MEP Europa

Download

posts recentes

BricoSolidário: arranjos ...

Breve album de fotografia...

Pular a Cerca, programa E...

pesquisar neste blog
 
pesquisar neste blog
 
tags

todas as tags

RSS